Boas fotos de viagem exigem planeamento

Atualizado: 5 de jan. de 2021

A fotografia de viagem é um género que tem lá as suas peculiaridades. É necessário pensar bem no que vai fotografar. Um bom planeamento facilita toda a sua produção fotográfica. Isso envolve o que fotografar, o horário ideal para fazer-se os registos, qual o equipamento a ser adoptado ou mesmo como aproximar-se de alguém para o Disparo. Aliás, este tema será discutido em um post futuro, pois trata-se de algo altamente importante.

Pois bem. Tudo começa no levantamento de dados, que acontece logo após a decisão de viajar. Deve-se, neste momento, descobrir o que o local oferece de interessante. Faz-se uma lista com os melhores lugares para se fotografar e, em seguida, descobre-se as características do local. Nssse momento, observa-se os melhores horários para as fotos, considerando a luz ideal e a posição do sol.

No mesmo momento em que se pensa na luz, é importante decidir qual o tipo pretendido de estética esperado. Nisso, escolhe-se a leite ideal. Se queres uma fotografia com aproximação, opta-se pela teleobjetiva. Do contrário, uma 50mm parece-me interessante para registar paisagens e a 16mm pode ser interessante para lugares fechados.

Com um planeamento bem realizado, as chances de conseguir-se uma sequência de fotos repleta de situações interessantes. Esse, aliás, é o valor de uma fotografia de viagem: mostrar para quem vê aquilo que ele mais gostwvs de encontrsr em sua viagem, mas nem de longe imaginava. vamos começar.

O planeamento do horário é fundamental, especialmente em viagens curtas.
O planeamento do horário é fundamental, especialmente em viagens curtas. Madri, 2018 (Foto: Denis Renó)


26 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo